segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Estrelas e concursos públicos

Venho estudando para dois concursos públicos; um na semana que vem, o outro em março. Às vezes me sinto angustiado, ansioso, oprimido.

Eis que venho a minha varanda. Na noite quente e desanuviada brilha uma miríade de estrelas. De repente, tudo parece tão minúsculo: a Terra, os concursos, eu...

Essas estrelas brilham há milhares, milhões de anos. A luz de algumas delas, que hoje nos chega, foi emitida quando os mesopotâmios ainda ensaiavam seus primeiros caracteres...

"Há muito mais céus do que suspeita nossa vã filosofia"!

Os concursos passarão. Eu passarei, meus filhos, meus netos, também. E daí? As estrelas continuarão brilhando; estavam "aqui" antes de mim, continuarão depois.

Por que ficar ansioso?

Nenhum comentário: