quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Viável ou não, "amar ao próximo como a si mesmo" me parece o projeto de humanidade mais ambicioso e desejável que se possa imaginar...

domingo, 22 de outubro de 2017

Estamos todos bem

Poema do Fred Oliveira (dedicado a mim - que honra!)

Que eu aprenda na escola o que é a vida
Que eu escolha bem os meus amigos
Que eu saiba de cor cantar o hino
Que eu vá à Igreja aos domingos
Que eu apague a luz do quarto e durma.
Que eu faça a coisa certa
Que eu peça licença ao sair da mesa
Que eu tenha a tabuada na cabeça
E torça para algum dos times
Que eu não quebre o protocolo
E nunca seja inconveniente.
Que eu não brinque com coisa séria
Que eu seja alguém na vida
Que eu não coma carne em dia santo
Que eu não insista nos meus erros
E não deixe para amanhã o que posso fazer hoje
Que eu feche os olhos e diga só coisas bonitas.
Que eu conheça ao menos um trecho da Bíblia
Que eu leia, acredite e jamais duvide
Que eu não entre na briga e nem xingue
Que eu aguente firme apesar de tudo.
Que eu seja comedido na minha ira
Que eu saiba distinguir joio e trigo
Que eu não faça aos outros o que não quero que façam comigo
Que eu não diga à plateia o que sentimos
Que eu consiga um emprego subalterno como os outros da fila.
Que eu me aliste no exército aos 17 anos
Que eu não seja ateu
Que eu ame uma menina e não a um menino
Que eu constitua uma família e tenha muitos filhos
Que eu chore no enterro como todo mundo.
Que eu aceite o que não gosto com um sorriso
Que eu tema o Inferno e queira o Paraíso
Que eu me acostume a demagogiazinha nossa de cada dia
Que eu tenha juízo
E agradeça a Deus o pão à mesa.
Que eu acompanhe o ritmo
E dance conforme a música
Que eu meça as palavras e seja eu mesmo
Que eu fique em casa nos dia de chuva
Que eu viva em paz com a minha consciência.
Que eu pregue um diploma na parede
Que eu cumpra todos os meus compromissos
Que eu não falte com a esmola ao mendigo
Que eu me arrependa dos meus pecados
E me orgulho de ser pobre, honesto e faminto
E se alguém perguntar como estamos
Eu diga: - Estamos todos bem!
 ...................
In: Quase Poesia, de Fred Oliveira
...................
Para Luiz Fabiano Tavares

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Meros dados...

Meros dados não são fatos.

Meros fatos não são informação.

Mera informação não é conhecimento.

Mero conhecimento não é sabedoria.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Me engana, que eu gosto!

"Se o Bolsonaro agradou o mercado, nós do PT temos que desagradar o mercado".


Lula - depois de anos agradando o mercado, fazendo lobby para empresas privadas, recebendo favores questionáveis de empresários etc etc etc...



segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Veja contra Bolsonaro

Só comprei a revista Veja duas vezes em minha vida. Uma foi em 2016, quando saiu aquela matéria com capa-bomba do Crivella. A outra foi na última semana: confesso que não me aguentei de curiosidade para ler o que a publicação dizia sobre "A ameaça Bolsonaro".

Essa capa, cerca de um ano antes das eleições de 2018, me parece muito significativa: parece que Bolsonaro enfrentará fogo cerrado de todos os lados durante o processo eleitoral. Se isso é bom ou ruim, eu já não sei - especialmente em se tratando de um candidato que faz a linha "falem mal, mas falem de mim".

De resto, o texto traz o costumeiro estilo "vejático", repleto de insinuações nem-tão-sinuosas e uma retórica bem chinfrim. Enfim, não gosto de Bolsonaro, assim como não gosto da Veja...

Deixando de lado a publicação, acho precipitado considerar Bolsonaro como um dos favoritos para 2018 com base apenas na tal pesquisa Datafolha que apresenta 35% de intenções de votos para Lula e 17% para Bolsonaro. Em primeiro lugar, como se sabe, essas pesquisas nem sempre valem grande coisa. Em segundo lugar, creio que até lá Lula estará na cadeia - e não me parece que Bolsonaro tenha muitas chances de captar o potencial eleitoral do petista, que provavelmente será canalizado em favor de um terceiro candidato. Last, but not least, como diz um amigo, os holofotes costumam fazer muito mal à família Bolsonaro. Enfim, na política, ni jamais, ni toujours...

Por enquanto, minhas apostas para o segundo turno de 2018 são Marina e Dória, com vitória da Rede. De qualquer modo, meu voto vai para Chico Alencar...



sábado, 7 de outubro de 2017

Reizinhos mandões

Reflexão do psicólogo Vitor de Moraes:

Uma sociedade em que todos só querem seus direitos é tal como um aglomerado de reis que quer fazer dos seus iguais os serviçais.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Quem é "incompetente"?

Quando Lula qualifica Temer e os seus como "incompetentes", eu me pergunto: por que ele só "descobriu" isso agora? Estaria ele mentindo em todos aqueles comícios em 2010, 2014...?!

Se Lula já sabia que Temer era um "incompetente", apoiá-lo como vice-presidente seria uma fraude. Por outro lado, se Lula não sabia, isso significaria um gesto leviano ("incompetente", talvez).

Lula enche a boca com palavras vazias, como qualquer outro político. Por isso mesmo, não é mito,  lenda ou salvador: é apenas mais um político como outro qualquer.

A não ser que alguém me convença que há algo de sólido em seu incansável palanfrório...

Seria o cosplay do Lula melhor que os de Dória...?! Ou vale só para um lado?!

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Transgressão e obediência

A transgressão gratuita é tão perigosa quanto a obediência cega. Muitas vezes uma conduz diretamente à outra.