quinta-feira, 30 de maio de 2019

quarta-feira, 29 de maio de 2019

O problema do Brasil é que aqui as coisas demoram muito depressa. Ou algo assim.

terça-feira, 28 de maio de 2019

Tirânico Acróstico

Tirânicos
Rompantes
Unem
Muitos
Palermas

Pifiamente
Usando
Tristes
Ideias
Nostálgicas

Bestas
Ordinárias
Lamentavelmente
Semeiam
Onerosos
Nepotismos,
Arruinando
Repúblicas
Ocidentais

Muito
Alguns
Destroem,
Ultrapassando
Rivais
Obtusos

Oh!
Ruinosos
Bichos
Atacam
Nações

Diabolicamente
Urdindo
Terríveis
Enigmas,
Rudes
Tramas
Esquizofrênicas

Eles
Rugem
Diatribes
Obsoletas;
Gemeremos
Asfixiados?!
NÃO!!!


sexta-feira, 24 de maio de 2019

Da desonestidade intelectual

1) Um leigo faz uma afirmação falaciosa sobre determinado assunto.

2) Você, como especialista, esclarece detalhadamente o equívoco.

3) O leigo em questão ouve tais esclarecimentos, dá sinais de compreendê-los e
admite concordar ao menos parcialmente com eles.

4) Passa algum tempo.

5) O leigo em questão volta a defender a mesmíssima argumentação falaciosa.

6) Novos esclarecimentos, com resultados semelhantes.

7) Passa mais algum tempo.

8) O camarada reafirma (não sem alguma arrogância) as mesmas falácias.

CONCLUSÃO 1 - A pessoa em questão não é intelectualmente honesta.

CONCLUSÃO 2 - Esclarecer essa pessoa é pura perda de tempo.

CONCLUSÃO 3 - Melhor empregar seu precioso tempo com pessoas mais interessantes.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Frase do dia:
"Professor, nem minha família me valoriza... Pra que que eu vou valorizar a escola?!"
Dá o que pensar.

Justiça e Capitalismo

"As sociedades mais iníquas guardam alguns elementos de justiça misturados à mais completa iniquidade; eles lhe servem de pretexto, de salvaguarda e de garantia; e aí está precisamente a dificuldade do problema social. Demarcar o justo do injusto, marcar o ponto onde a legitimidade da poupança se converte em capitalismo abusivo, eis a tarefa não bárbara e grosseira, mas delicada e sutil do socialismo, e esta obra reclama toda a precisão da ciência, como ela reclama toda energia da consciência". 

Jean Jaurès (1891)

segunda-feira, 20 de maio de 2019

domingo, 19 de maio de 2019

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Bolsonaro contra a Educação

1) A ideia de que o governo está cortando verbas do Ensino Superior para realocá-las no Ensino Básico é falaciosa, pois as verbas destinadas ao Ensino Básico também sofreram cortes.

2) O MEC está demasiado preocupado em cortar gastos com as universidades públicas, quando há gastos monstruosos com o infame FIES, através do qual o governo vem há anos sustentando as universidades privadas. Preservar o FIES em detrimento do orçamento das universidades públicas é uma absurda inversão de prioridades, colocando interesses privados à frente de interesses públicos.

3) Dilma e Temer efetivamente fizeram cortes no orçamento do MEC - cortes maiores que os de Bolsonaro, inclusive. No entanto, os presidentes anteriores fizeram cortes consideráveis também em outros setores. Desse modo, proporcionalmente, o corte de Bolsonaro é muito mais rigoroso contra o MEC que contra outras pastas. Ou seja, o atual governo parece se preocupar com Educação AINDA MENOS que os anteriores. Basta comparar: em 2015, Dilma cortou 9,4 bilhões do MEC, mas o total dos cortes chegava a 78 bilhões; com Bolsonaro, o corte contra a Educação é de "apenas" 5,8 bilhões, mas o total é de "apenas" 29,5 bi.

4) Os cortes anteriores foram feitos com "simples" discurso de austeridade fiscal. Os cortes atuais, pelo contrário, foram anunciados pelo ministro com tom de hostilidade às universidades públicas, ofensivamente taxadas como locais de "balbúrdia". Isso confere aos cortes um caráter punitivo que os torna ainda mais detestáveis. É inadmissível que um ministro de Estado trate dessa maneira as instituições de ensino sob sua responsabilidade, desrespeitando os professores, pesquisadores, servidores e estudantes dessas instituições. Dilma e Temer apresentaram tais cortes como um mal necessário, enquanto a equipe de Bolsonaro tentou, ABSURDAMENTE, apresentá-los como um castigo merecido. Há uma significativa diferença entre essas abordagens.

5) Nesse contexto, a distinção entre "corte" e "contingenciamento" é mero malabarismo retórico. As instituições serão efetiva e imediatamente prejudicadas por essas medidas. Mais uma vez, cabe questionar por que razão o ministério se mostra mais comprometido com os interesses das universidades privadas que com a adequada manutenção das instituições públicas. É como se alguém tirasse comida de seus próprios filhos para sustentar os filhos do vizinho...


quarta-feira, 15 de maio de 2019

[des]Encontrando-nos

Viver é um contínuo distanciar-se de si mesmo para tornar-se a si mesmo, um constante reencontrar-se para ainda mais se distanciar logo além...

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Tenho medo de qualquer poder - estatal, empresarial ou eclesiástico. Sinto ainda mais medo quando eles convergem...

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Engenharia ou Filosofia?


Esse povo tem um pensamento binário de uma pobreza pavorosa. Como se só fosse possível investir em uma coisa OU na outra... Santa Falácia, Batman! Se o camarada que produziu esse meme tivesse a mínima noção de Filosofia, perceberia bem quão falaciosa é a argumentação sugerida. 

De resto, de que adianta um monte de edificações luxuosas, se as mentes de seus ocupantes está mal mobiliada? Como diria Bergson, pouco importa a qualidade do chapéu, se não há grande coisa DENTRO da cabeça... 

O ser humano é uma criatura complexa, com necessidades igualmente complexas. A tecnologia é imprescindível para os cuidados do corpo, mas as humanidades são essenciais para o cultivo do espírito. Como ponderava Rabelais, "ciência sem consciência é apenas ruína da alma"...

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Iconoclastas e seus ídolos

Um "iconoclasta" que não tolera que alguém encoste em seus próprios ícones é muito menos iconoclasta do que imagina. Iconoclastia com o ícone alheio é fácil; quebrar os próprios ídolos é privilégio de poucos. Mas quem realmente prescinde de todo "eicon" ou de algum "eidos" em sua vida? "A mente se assemelha ao espaço", dizia um sábio budista...

O famosíssimo fetiche arumbaya do Museu Etnográfico de Bruxelas, remendado depois de todas suas aventuras...

sábado, 4 de maio de 2019

Sensatez por contraste

Para fazer um insensato parecer razoável basta colocá-lo para debater com outra pessoa ainda mais tresloucada. O contraste dará certo ar de sensatez às suas tolices. Ao debater com um sofista desastrado o sofista mais habilidoso passa por verdadeiro sábio. Qualquer um parece genial discutindo com Homer Simpson... E como existem Homers por aí!


quarta-feira, 1 de maio de 2019

Verdade, mentira e método

Poucos métodos conduzem à verdade, mas não se alcança (ou inventa) nenhuma espécie de verdade, por trivial que seja, sem algum tipo de método. Até para inventar mentiras menos grosseiras é necessário algum método, como já sabiam os sofistas.