Siga a Oficina no seu e-mail!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Receita para uma saborosa democracia

Ingredientes:
-Generosas porções de educação pública e gratuita de primeira qualidade em todos os níveis;
-Fartas doses de liberdade de expressão;
-Uma intelectualidade criativa e participativa;
-Centenas de dúzias de organizações civis independentes e atuantes;
-Milhões de cidadãos críticos, conscientes e vigilantes;
-Um governo transparente e aberto à participação dos cidadãos, previamente temperado com muita laicidade;
-Tolerância, compreensão, respeito à opinião alheia, empatia, fraternidade e amor ao próximo a gosto (quanto mais, melhor);

Modo de preparo:
Misturar todos os ingredientes numa grande panela. Cozinhar com muita paciência durante décadas, em forno brando. Periodicamente elevar a temperatura até levantar fervura, para apurar o sabor.

Rendimento:
Alimenta um país inteiro.

Observações importantes:
-A educação pública de qualidade é o ingrediente mais importante; com ela, todo o resto fica melhor;
-Atenção ao preparar a liberdade de expressão; deve ser pulverizada de modo adequado, evitando a concentração de oligopólios ou monopólios midiáticos;
-Um pouco de fervura é importante para o prato, mas o excesso de ebulição pode deixar um sabor amargo;
-São necessários muitos cidadãos para vigiar a receita, tomando cuidado com o oportunismo de cozinheiros manipuladores...

Nenhum comentário: