domingo, 29 de abril de 2018

Gente obediente

"Mas não é ilegal"; "mas a lei permite" - argumentos tipicamente mobilizados em defesa de atitudes eticamente inaceitáveis.

Em parte, era assim que os senhores de escravos respondiam ao abolicionismo. Torturar suspeitos e queimar hereges também não era "ilegal" nos tempos da Santa Inquisição. As leis romanas permitiam assistir a combates de gladiadores - para ficar apenas com alguns exemplos, entre muitos, demais até. Como dizia Luther King, as piores atrocidades costumam ser cometidas por gente obediente às leis.

Não existe nada mais conveniente (e servil) que delegar a própria consciência à pena dos legisladores. Excesso de obediência costuma ser gesto de patológica irresponsabilidade moral.


Nenhum comentário: