quarta-feira, 4 de abril de 2018

A política do "fora"

Avaliação precisa e concisa do historiador Sanger Nogueira

Existe um tipo de fazer política que é muito interessante: é a política do fora... (deputado, prefeito, governador, presidente, síndico do prédio, etc). Ela é interessante porque é muito fácil de ser assimilada pelo público. É tipo a novela da Globo (não precisa de muitas explicações sobre os seus objetivos).

Contudo, ela é vazia de conteúdo.

É vazia porque nunca se pretende saber o que se quer e, mais perigoso, saber como chegar até o objetivo. É possível passar uma vida inteira lutando pelo fora alguma coisa: sempre haverá algo pra se colocar pra fora. Seria interessante fazer o caminho inverso: pensar naquilo que se quer e apresentar, não o fora, mas o troca. Exemplo: somos contra a política educacional do governo, temos a nossa própria visão e a nossa concepção está aberta para aguentar todas críticas de todos os setores da sociedade.

Pena que isso é mais trabalhoso. O imediato sempre ganha do planejado.



Nenhum comentário: