quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Fazer a diferença

Trecho do romance Extremely loud & incredibly close ("Tão forte, tão perto") de Jonathan Safran Foer

"Eu li o primeiro capítulo de Uma breve História do Tempo quando Papai ainda estava vivo, e me senti incrivelmente mal sobre quão relativamente insignificante a vida é, e como, comparado ao universo e comparado ao tempo, a minha existência não importava realmente nada. Quando Papai me aconchegava à noite e conversávamos sobre o livro, eu perguntei se ele podia pensar numa solução para aquele problema. 'Qual problema?' 'O problema do quanto somos relativamente insignificantes.' Ele disse, 'Bem, o que aconteceria se uma avião largasse você no meio do deserto do Saara e você pegasse um único grão de areia com uma pinça e o movesse um milímetro?' Eu disse, 'Eu provavelmente morreria de desidratação.' Ele disse, 'Eu quero dizer exatamente naquele momento, quando você movesse aquele único grão de areia. O que significaria?' Eu disse, 'Eu não sei; o quê?' Ele disse, 'Pense sobre isso.' Eu pensei sobre isso. 'Eu acho que eu teria movido um grão de areia.' 'O que significa que você teria mudado o Saara.' 'E daí?' 'E daí? Daí que o Saara é um vasto deserto. E ele existiu por milhões de anos. E você o mudou!' 'É verdade!' Eu  disse, sentando-me. 'Eu mudei o Saara!' 'O que significa...?', ele disse. 'O quê? Me diga.' 'Bem, não estou falando sobre pintar a Mona Lisa ou curar o câncer. Estou falando apenas sobre mover um único grão de areia um milímetro.' 'Sim?' 'Se você não tivesse feito isso, a história humana teria sido de um modo...' 'A-hã?' 'Mas você fez isso, então...?' Eu fiquei em pé na cama, apontei meus dedos para as estrelas falsas, e gritei: 'Eu mudei o curso da história humana!' 'Isso mesmo.' 'Eu mudei o universo!' 'Você mudou.' 'Eu sou Deus!' 'Você é um ateu.' 'Eu não existe!' Eu caí de volta na cama, em seus braços, e nós gargalhamos juntos."

Nenhum comentário: