sábado, 29 de julho de 2017

A chegada dos bárbaros

Roma está saqueada,
Éfeso escravizada,
Persépolis arruinada.

Queimam papiros em Alexandria,
Caem muros em Uruk.

Sangra Atenas,
Geme Sídon,
Chora Jerusalém,
Soluça Cartago,
Grita Tenochtitlán,
Cala-se Delfos.

Mudas estão as paredes de Tikal,
Silenciosas as ruas de Harapa,
Arrombadas as portas de Corinto.

Jaz Tebas amortalhada,
Murmura Constantinopla enlutada.

A barbárie chegou,
Eis os bárbaros,
Nós...

Nenhum comentário: